CONFIRA:
Início / Gente / Roberta Marzolla

Roberta Marzolla

Roberta é a diretora de desfiles mais requisitada do cenário fashion nacional

Por trás de um bom desfile há sempre uma boa direção. Roberta Marzolla que o diga. Há mais de doze anos no mundo da moda, ela já perdeu as contas de quantos assinou a direção. Na última estação assinou nove, entre eles Ronaldo Fraga, Alexandre Herchcovitch, feminino e masculino, Acqua Studio e Maria Garcia.

Apaixonada por administração e logística, Roberta cursou dois anos de Relações Públicas, mas não demorou pra descobrir que a sua paixão era mesmo moda. Nesta entrevista,, ela conta como entrou na moda, fala de suas preferências musicais, do que é mais importante numa apresentação e relembra histórias de bastidores da temporada. Confira:

Como foi a sua entrada no mundo da moda?
ROBERTA – Sou de Ribeirão Preto e acabei vindo para São Paulo para modelar. Nesse tempo conheci o David Pollack e comecei a trabalhar com ele com produção de moda, mas acabei indo pro caminho da “organização da moda”, foi quando comecei a trabalhar com o Paulo Borges, no Morumbi Fashion e depois na SPFW. Fiquei na equipe do Paulo até 2002 depois abri a Cupula Produções.

Por que você desistiu da vida de modelo?
ROBERTA – Acho que para ser modelo você tem que ter isso no sangue. Eu detestava e achava tudo um tédio. Só gostava da parte do backstage, quando tinha que ajudar alguém a trocar de roupa, ou achar o sapato certo.

Em que momento começa o seu trabalho?
ROBERTA – Geralmente cinco meses antes do desfile. No caso da SPFW, que tem estrutura, dois meses antes. Eu participo de todo o processo de criação do desfile, desde a escolha da locação, da trilha e da composição da cenografia até o momento da tensão do backstage, que é o coração do desfile.

O que inspira você?
ROBERTA – O dia-a-dia, tudo o que eu vejo, principalmente filmes, obras arquitetônicas e sites da internet.

O que destrói um desfile?
ROBERTA – Buraco na passarela, que é um sinal de falta de organização. Um bom desfile tem que prender a atenção das pessoas, fazer com que elas se interessem e se emocionem. Minha função como diretora é transportar a idéia do cliente para o real, para o possível, por isso nada pode comprometer um trabalho, muito menos falta de organização.

Você pode contar um caso memorável de backstage?
ROBERTA – Uma vez no desfile da Zoomp, quando Alexandre ainda assinava a criação, fiz um sinal para uma modelo entrar e Isabeli(Fontana), entendeu que era pra ela e puxou com ela 5 modelos, da fila que fechava o desfile. Foi uma confusão mas sem dúvida muito engraçado.

Quais desfiles que você fez te marcaram de algum jeito?
ROBERTA – Todos os desfiles são especiais por algum motivo, mas o último do Ronaldo Fraga(o desfile de inverno 2009, onde várias senhorinhas entraram na passarela) me emocionou muito por todo o universo do desfile. Também gosto muito de um desfile da Poko Pano(verão 2006), que teve um show do Jamelão. Sou Mangueirense e sempre tive vontade de trabalhar com o Jamelão. Ele também se emocionou muito com o desfile. Foi especial.

Com quem você gosta de trabalhar?
ROBERTA – Com o Ronaldo Fraga. Ele é muito tranquilo, não deixa ninguém pilhado e sempre me deixa muito solta. Nesta ultima temporada combinamos o desfile por telefone. Ele confia muito em mim. Geralmente eu escolho o casting e ele só vê dois dias antes do desfile, quando não dá mais tempo de mudar.

O que você gosta de vestir?
ROBERTA – Coisas neutras. Vejo tanta informação de moda que isso me deixa muito básica.

Queremos saber os seus projetos para o futuro.
ROBERTA – Tenho um projeto secreto na área, esse não posso contar, mas tenho um outro, de um dia mudar de área e viver e trabalhar próxima da natureza.

Verifique Também

Cauã Raymond substitui Jesus Luz em desfile na SPFW

Cauã Raymond será o susbtituto de Jesus Luz no desfile da Colcci na São Paulo Fashion Week de Inverno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *